quinta-feira, 30 de julho de 2009

Mais uma!


Mais uma!


Vou te mandar mais uma, mais uma carta de amor! Vou te mandar mais um pedaço de mim em um envelope retangular com adesivos, fotos, tralhas que acho legais e uma letra feia! Endereçarei-te um pensamento relatado em folhas decoradas e tingidas em grafite, não conto como estou passando meus dias, pois isso desatualiza, não informa, não vem ao caso. Mais uma carta se vai, mais um gesto de carinho e amor demonstrado de forma tão simples e delicada. Pode ser que demore a chegar, pode ser que não chegue, pode ser que chegue antes do planejado, mas mandei. Mais uma! Mandei um pedaço desse garoto que admira tanto o destinatário, que torce muito pra que um dia possa ir no lugar da carta e fazer a surpresa pessoalmente. Espero que o carteiro faça por onde esse ‘diamante amarelo’ chegar em boas mãos, compartilhar do momento que escrevi, juntei, decorei, montei com muito tesão mesmo, tudinho... Por que será que preferem mandar e-mails e não mais cartas? Será que é tão difícil mandar uma? Trabalhoso, complicado, demorado? AH, rapidez... Entendo... Mas acho que A delícia de receber uma correspondência física é muito interessante. Você conhece muito mais da pessoa com uma simples carta. Ela passa sentimentos, prazeres, cheiro, amor, atitude, romantismo... Atualize-se, mande mais uma carta, faça essa surpresa, conquiste, repasse desejos, modifique sua rotina. Mais uma! Seja MODERNO. Mas lá se vai, lá se vai uma característica que me cativa, que me marca, que me ilude. Mais uma, garçom!!!

Mais uma que ser essa é da boa, é da mente, é da alma.


Texto e foto: Thiago Maia

Mais fotos em: www.flickr.com/thyagumayah

28 comentários:

Fernanda. disse...

Desejo tanto que sejam sempre endereçadas a mim. De hoje, em diante... essa troca!
Fiquemos nessa incrível curiosidade, nesse acelerar de coração cada vez que o carteiro aparecer em nossa porta... fiquemos nessa troca de afeto, até que chegue o dia, em que no lugar do carteiro, apareça você. E enfim, eu possa te dizer tudo aquilo que escrevi no meu caderno dias atrás.

Espere, querido. A sua, chegará em breve!
Mas breve do que você imagina.

Beijos, com aquele sentimento...
que já sabes que sinto por ti.

(L)

KOTTA disse...

Principalmente quando se esperam cartas de amor. Com o aproximar da hora do carteiro chegar, a ansiedade a emoção a dúvida do será hoje que chega a tal carta que esperamos tudo isto
provoca um bater de coração mais apressado, diferente de uma sms ou mail, porque é mais pessoal mais íntimo. Bjo.

Marjozinha disse...

Hum.......bom dia, menino bonito de longe! Como vc está, hein? Bom, eu mais um dia acordo num bom humor "insuportável", e vc sabe que tem parte de 'culpa' nisso...rsrsrs. Thi, desejo que sejas feliz sempre, como mostra ser, e que encontre sempre amores possíveis, e impossíveis também (afinal, esse é o tempero da vida!) e que mande e receba muitas cartas. Cartas de amor, de amizade, de carinho...e eu espero um dia poder receber a minha, e que me permita também uma enviar...Uma sexta-feira incrível pra vc, um beijo enorme dessa 'menina' que mora tão longe, mas te tem tão perto, dentro do coração...

Priscila Rôde disse...

Já fiz essa experiência,e é com certeza inigualável! Receber então, é maravilhoso.
Mandou bem! ;]
beijos

Silvia Gonçalves disse...

Ai que bonitinho.....

Adorei o post!!! Qualquer dia, mande uma pra mim tb!!


Bjos e bom fim de semana!!!

Jackeline Montibeler disse...

Ai thi, q lindo :):)
Isso me lembrou as cartas decoradas cheias de vida q vc em enviou há tantos meses q não sei contar.
Mas estão guardadas com carinho, lá na minha gaveta...

Receber / Enviar cartas é atípico, mas é lindo!!!

Te adoro querido!

beijos

Senhorita Íris disse...

HUmmmmmmm, acho muito mais interessante receber e mandar cartas! Mas com essa onda de e-mails, não se escreve mais. É tão mais gostoso receber uma carta, a gente percebe mais sentimento, envolvimento e uma certa intimidade. Adorei o texto Thi!!
Beeeijos amore!

Ira Buscacio disse...

Thiaguinho!
é isso msm, as pessoas tão nesse tempo tecnológico e esquecem de sua humanidade.
nada como aguardar uma carta de amor. o amor vai dentro do envelope, junto com as palavras e qualquer outro mimo.
continue a mandar as cartas pra sua amada. bjs
bom fds.

nathy silva disse...

Hum....Adoro cartas de "amor". Cartas que não foram enviadas, cartas que não foram escritas, mas vividas. Histórias reais e histórias ficticias....
Palavras! Sempre elas!
To gostando de ver, hein!
Se cuida. beijo enorme.

Liciane disse...

Muito bonito o texto!!
É pena mesmo que ninguém mais manda cartas...
Como era bom receber, abrir, ler... E escrever também era tão bom...
Tentar fazer uma letra bonita... kkkk
A expectativa era tão grande, uma surpresa tão agradável.

Bjss

Fran disse...

Certamente as cartas tem uma maior 'sensibilidade', um maior carinho. É realmente uma pena a tecnologia ter 'matado' esse hábito...
Lindo o texto, comno sempre!

Beeijão!

Luna Sanchez disse...

Thiago,

Lembrei dessa :

♪ "Se um dia 'ocê' se lembrar
Escreva uma carta pra mim
Bote logo no correio
Com frases dizendo assim :

'Faz tempo que não lhe vejo
Quero matar meu desejo
Lhe mando um monte de beijo
Ah, que saudade sem fim...!' " ♫

Cartas manuscritas tem um charme e um encanto que nada pode susbstituir.

Beijos.

ℓυηα

Poetíssima disse...

Parento, que babado rabiiiscado hein?!
Fiquei tão boba que estou sem palavras...
'é o amooooor'!

Abraços!

▒▓█► JOTA ENE ® disse...

ºº
Grande Flickr, cara

Deixei lá mensagem numa das fotos.

Abraço e bom f-d-s!!

Teórico disse...

Mandar e receber cartas é muito bom, gostoso.

Abração

Stella disse...

Também sinto falta das cartas. É tão mais pessoal, né? :) Acho que tanta modernidade, às vezes acaba com certas relações interpessoais. É como cortar o caminho e perder o prazer da viagem.

Beijos e bom final de semana pra ti.

Ava disse...

Mande sempre esses envelopes retangulares...rs

Que delícia de texto!

Querido, as chegadas são sempte tão boas..

É melhor vivê-las sem pensar nas partidas... invitáveis, sempre!!!

Beijos e carinhos!

Desarranjo Sintético disse...

Bah, lembro quando eu fazia amizade por correspondência..muito gostoso! É como vc disse, vai um pedaço noss! A letra...o sentimento, aquele pedaço de papel vai impregnado dos nossos sentimentos...
E quanto ao meu post anterior era sim WAR que eu estava jogando! É muito bom não é??

Abraços!

Fábio.

Silvania disse...

Menino, eu tava pensando nisso esses dias, e eh isso q ou fazer, hehehe...
Eu adoro receber cartinhas, tenho uma amiga virtual e a gente se comunica por carta tb...e garanto q eh mais prazeroso do q qualquer outro meio...
Sim, já encontrei minha rosa...\O/
BjO*

.Lis disse...

Chegando aqui pela primeira vez e encantada com seu blog e também suas fotos no Flickr. Tudo lindo,lindo,lindo! Lendo a sua carta de amor,tao especial, pensei que voce podia participar do blog http:voudecoletivo.blogspot.com,uma blogagem interessante, e essa sua carta ia arrasar!!Lá no flor de lis vc pode clicar no blog citado ( no sidebar) e entender melhor. Além de escrever bem,é um ótimo fotografo,suas fotos sao excelentes. Se nao se importar, posso postar algumas junto as poesias que transcrevo, mas preciso da sua autorização. Desculpe, ter alongado. Volto depois pra te ler mais.Abraços

Tata disse...

Oie!!!!

Mais uma pq essa é da boa, é da mente, é da alma.
Concordo com vc!!! Ser moderno, às vezes,é ser vintage!!
E garçom!! manda mais uma pra mim tbm hein!KKKK
bjinhos

A Menina e o Blog disse...

Eu gosto da rapidez da internet .. mas confesso que esperar pelo correio é mais emocionante!

bjos

Déia disse...

Essa não é mais uma carta de amooor...

lembrei dessa música... rs

Cartas escritas com ajuda do coração, da alma... fazem o outro se emocionar.. sempre!

.Lis disse...

Ótimo voce ter postado a sua carta de amor, Thiago. Resolvi participar também , depois passa lá pra ver.
Um abraço

Compondo o olhar ... disse...

linda sua carta!! amei...
bela participação neste busão acelerado....rsrsrsrs!!!

tbm participo.

bjocas

angela disse...

Uma carta que o carteiro traz é bom, já escrevi e esperei muitas cartas. Sou do tempo que não existia e-mail e telefonar era dificil e caro.
Lembrei-me delas lendo a sua, foi muito gostoso.
abraços

glivia disse...

oi, dei uma visitada no seu blog e gostei muito dos seus texto, mas confesso que amei suas fotografias...
muito legal mesmo
bjussss

Anônimo disse...

Obrigado por Blog intiresny