segunda-feira, 15 de junho de 2009

O desafio de conviver com as diferenças


O desafio de conviver com as diferenças


A pluralidade e as diferenças características do sistema mundo que estamos inclusos acarreta uma série de fatores e de atitudes que condizem de uma forma bastante relativa com a convivência pacifica ou não dos indivíduos. A uniformidade não é uma personalidade indutiva e determinante; é preciso uma conscientização de que a diversidade é um fator fundamental para a sobrevivência de todo e qualquer ser vivo.
Convivemos integralmente com as diferenças, sejam elas econômicas, financeiras, étnicas, sexuais, de gostos, idades, hobby, religiosas... A essência de um modo dito "correto" de se relacionar socialmente consiste justamente no fato de que o único fator que nos torna iguais, é que somos todos diferentes! O preconceito racial, por exemplo, distancia étnias inteiras, provocando guerras e transtornos de ordem global.
A história já presenciou formas absurdas de intolerância à diferenças: o Apartheid, que era uma perseguição sem limites contra os negros na África do Sul, e a "limpeza étnica" imposta por Adolf Hitler contra os judeus, alegando que a raça ariana era pura e que assim deveria permanecer. Há também um certo progresso em determinadas diferenças, como as sexuais, com fica evidente na gigantesca manifestação denominada "Parada Gay", realizadas em diversas cidades do mundo, onde homossexuais e admiradores protestam à favor da extinção do preconceito e da exclusão social imposta a eles.
Equiparando-se gostos e afinidades com a realidade, é benéfico à sociedade global a manutenção das diferenças como forma de aproximação, e não de exclusão e/ou perseguição. Uma excelente educação desde a infância e prolongando-a por toda vida do indivíduo, proporcionará uma formação de adultos cultos e conscientes, capazes de se transformar e conseqüentemente, modificar o meio em que habitam, influenciando diretamente na mudança de visão e atitudes globais.


Texto e foto: Thiago Maia
Mais fotos em: www.flickr.com/thyagumayah

3 comentários:

Iris disse...

Thiiiii, já pensou em escrever um livro?
Vá em frente!! bjoca

brenda disse...

Ahh, ta muito bom o seu blog!*______*
fotos muito boas e sem falar dos textos né?!
muito bomm!

beijão;*

Anônimo disse...

parabens nota 1000